Doenças raras e deficiências

CAS cria subcomissões para pessoas com deficiência e com doenças raras

01:43CAS cria subcomissões para pessoas com deficiência e com doenças raras

Transcrição LOC: A COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS APROVOU NESTA QUARTA-FEIRA A CRIAÇÃO DE DUAS SUBCOMISSÕES PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E COM DOENÇAS RARAS. LOC: O COLEGIADO DEVE DISCUTIR COMO ASSEGURAR OS DIREITOS E ACOMPANHAR AS POLÍTICAS PÚBLICAS VOLTADAS PARA ESTA PARCELA DA POPULAÇÃO. REPÓRTER GEORGE CARDIM. (Téc): As subcomissões de doenças raras e de pessoas com deficiência devem trabalhar em conjunto com autoridades, entidades ligadas ao tema e especialistas para buscar garantir os direitos e a assistência para essa parcela da população. Durante o debate, os parlamentares lembraram que mais de 13 milhões de brasileiros têm algum tipo de doença rara, como esclerose múltipla, e, segundo o IBGE, 45 milhões de pessoas declararam ter algum tipo de deficiência, como cegueira, surdez e autismo. O senador Flávio Arns, da Rede Sustentabilidade do Paraná, explicou que os colegiados têm a missão de acompanhar as políticas públicas e sugerir projetos que assegurem a inclusão, o pagamento de benefícios e o tratamento adequado para estas pessoas, desde o diagnóstico até o acesso às novas terapias e medicamentos. (Flávio Arns) “São desafios gigantescos, tanto para a família como para a sociedade, para que haja a inclusão plena na vida da sociedade, com chances, oportunidades, direitos respeitados. Há questões importantes na saúde, medicamentos, fisioterapia, fonoaudiologia, exames genéticos; na área da assistência, toda a discussão, por exemplo, sobre o BPC, Benefício de Prestação Continuada” (Repórter). As Subcomissões das Pessoas com Deficiência e de Doenças Raras vão funcionar vinculadas à Comissão de Assuntos Sociais do Senado. Da Rádio Senado, George Cardim.

As subcomissões de doenças raras e de pessoas com deficiência devem trabalhar em conjunto com autoridades, entidades e especialistas para garantir os direitos e a assistência para essa parcela da população. Durante o debate, os parlamentares lembraram que mais de 13 milhões de brasileiros têm algum tipo de doença rara e, segundo o IBGE,  45 milhões de pessoas declararam ter algum tipo de deficiência.

TÓPICOS:
Autismo  CAS  Comissão de Assuntos Sociais  Família  IBGE  Medicamentos  Paraná  Pessoas com Deficiência  Rede  Rede Sustentabilidade  Saúde  Senador Flávio Arns  Sustentabilidade 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo