Previdência

Comissão aprova fim da incidência de PIS/Pasep sobre contribuições previdenciárias

01:31Comissão aprova fim da incidência de PIS/Pasep sobre contribuições previdenciárias

Transcrição LOC: A COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS APROVOU PROJETO QUE IMPEDE A INCIDÊNCIA DE ALÍQUOTAS DO PIS/PASEP SOBRE CONTRIBUIÇÕES PARA REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA. LOC: A PROPOSTA, QUE REDUZ OS ENCARGOS DOS ESTADOS E MUNICÍPIOS, SEGUE PARA ANÁLISE DA COMISSÃO DE ASSUNTOS ECONÔMICOS. REPORTAGEM DE IARA FARIAS BORGES. (TÉC): O projeto exclui da arrecadação do PIS/Pasep as receitas de contribuições e compensações previdenciárias dos Regimes Próprios de Previdência Social. O autor, senador Lasier Martins, do Podemos gaúcho, argumentou que as autarquias gestoras de planos de previdência apenas administram os recursos do servidor para o custeio de seu sistema previdenciário, e esse dinheiro não constitui disponibilidade de caixa. Segundo a legislação, não devem incidir tributação e contribuições de qualquer natureza sobre as contribuições destinadas ao custeio de planos de previdência complementar. A Receita Federal, ao determinar a incidência do PIS/Pasep sobre a totalidade das receitas, o que inclui essas contribuições, impõe à entidade previdenciária a obrigação de realizar gasto com assistência social, o que está fora de sua finalidade legal. O relator na Comissão de Assuntos Sociais, senador Luiz do Carmo, do MDB de Goiás, disse que a proposta, além de justa, vai dar alívio ao caixa de estados e municípios. (Luiz do Carmo): “O PL, além de equilibrar a legislação sobre o tema, também reduz o encargo dos estados, do Distrito Federal e dos municípios, que não estão conseguindo sequer pagar suas contas mais básicas, quanto mais investir. A redução dos encargos dos entes subnacionais é urgente e representa um alívio nas suas finanças”. (Repórter): A proposta agora será analisada pela Comissão de Assuntos Econômicos. Da Rádio Senado, Iara Farias Borges. PL 4.809/2019

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou o projeto de lei (PL 4.809/2019) que impede a incidência do PIS/Pasep sobre contribuições para regimes próprios de previdência. De autoria do senador Lasier Martins (Podemos-RS), a proposta vai dar um alívio às finanças de estados e municípios. O relator, senador Luiz do Carmo (MDB-GO), disse que o projeto vai adequar a legislação e favorecer os entes nacionais. Reportagem de Iara Farias Borges.

TÓPICOS:
Assistência Social  CAS  Comissão de Assuntos Econômicos  Comissão de Assuntos Sociais  Distrito Federal  Encargos  Estados  Goiás  MDB  Municípios  PIS/PASEP  Podemos  Previdência  Receita Federal  Senador Lasier Martins  Senador Luiz do Carmo  Tributação 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo