Audiência pública

Bolsas da Capes foram garantidas em 2019, mas distribuição dos recursos será mudada

02:03Bolsas da Capes foram garantidas em 2019, mas distribuição dos recursos será mudada

Transcrição LOC: O PRESIDENTE DA CAPES AFIRMOU EM AUDIÊNCIA PÚBLICA DA COMISSÃO DE EDUCAÇÃO QUE OS RECURSOS PARA AS BOLSAS DE PÓS-GRADUAÇÃO FORAM GARANTIDOS NESTE ANO. LOC: SENADORES QUESTIONARAM SOBRE O REAJUSTE DO VALOR DO BENEFÍCIO NO FUTURO. A REPORTAGEM É DE RODRIGO RESENDE: (Repórter) Em audiência pública na Comissão de Educação do Senado, o presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, Anderson Ribeiro Correia, negou o corte de bolsas para pós-graduação neste ano. (Anderson Ribeiro Correia) É um mito dizer que nós estamos cortando bolsas. Não é verdade. O que estamos fazendo é uma realocação colocando bolsas nos melhores programas. Os números, não mentem, a média de execução de 2.29 bilhões e agora de 2019, com 2.3 bilhões de reais investidos. É claro que a Capes é muito exigente ela prioriza aqueles programas que melhor qualidade. (Repórter) Essa priorização, segundo Anderson, acontece a partir de critérios que devem ser ainda mais acentuados em 2020. (Anderson 2 – 19”) É um modelo que vai cada vez mais colocando novas bolsas em programas nota 7, 6, 5, 4, 3, no doutorado que é uma meta que ainda não tá cumprida do PNE, priorizando localização geográfica que tem um IDH mais necessitado e o porte também, a gente que cada vez mais que os programas tenham crescimento. (Repórter) O senador Dário Berger, do MDB de Santa Catarina, questionou o valor atual das bolsas. (Dário Berger) É mestrado 1.500 reais, doutorado 2.200 reais , e pós-doutorado 4.100 reais. Esses valores eles são suficientes para custear ou seria necessário um aporte ainda maior de recursos? (Repórter) Anderson afirmou que os valores já estão congelados por seis anos. Segundo ele, se houver um repasse extra de recursos para a Capes, o dinheiro será usado no aumento das bolsas do doutorado. (Anderson 3 – 20”) A gente pode estudar uma recomposição das bolsas, principalmente na bolsa de doutorado, porque o doutorado ele exige mais tempo para dedicação, exige profissionais mais maduros, com mais empenho e exige pesquisas que envolvem um trabalho muito mais pesado. (Repórter) A Capes é responsável por 95 mil bolsas para pós-graduandos no Brasil.

O presidente da Capes, Anderson Ribeiro Correa, afirmou que a instituição pagou todas as bolsas de pós-graduação neste ano e que os critérios para destinação dos recursos passarão por revisão em 2020. O senador Dário Berger (MDB-SC) questionou sobre um possível reajuste das bolsas. A reportagem é de Rodrigo Resende, da Rádio Senado.

Veja a íntegra da audiência pública aqui.

Notícias relacionadas

Capes terá 5 mil bolsas para estudantes que optarem por Pedagogia

TÓPICOS:
Educação  MDB  PNE  Santa Catarina  Senador Dário Berger  Trabalho 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo