Pandemia

Câmara aprova projeto do Senado sobre crédito para profissionais liberais

01:39Câmara aprova projeto do Senado sobre crédito para profissionais liberais

Transcrição LOC: OS DEPUTADOS APROVARAM O PROJETO DO SENADO QUE CRIA UMA LINHA DE CRÉDITO PARA PROFISSIONAIS LIBERAIS DURANTE O ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA PROVOCADO PELA CRISE SANITÁRIA INTERNACIONAL. LOC: O OBJETIVO DO PROGRAMA NACIONAL DE APOPIO ÀS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE É SOCORRER OS TRABALHADORES QUE NÃO RECEBEM SALÁRIO FIXO. REPÓRTER RAQUEL TEIXEIRA. TÉC: Advogados, arquitetos, dentistas, engenheiros, nutricionistas e psicólogos são exemplos de profissionais que trabalham por conta própria, sem salário fixo e sem vínculo empregatício. A linha de crédito que vai beneficiar essas e outras categorias tem valor limitado a 50% do rendimento anual e pode chegar até R$ 100 mil reais, com taxa de juros máxima igual à Selic, acrescida de 5%. O prazo de pagamento é de 3 anos, com carência de 8 meses. O autor, senador Eduardo Girão, do Podemos do Ceará, comemora a aprovação que vai alcançar 10 milhões de trabalhadores brasileiros. (GIRÃO) É um projeto que vai beneficiar 10 milhões de profissionais que estavam numa situação difícil, várias categorias serão beneficiadas e a gente espera que chegue rápido pra essas pessoas, sem burocracia, e que possa de alguma forma apoiar esse momento difícil que vive a classe. Rep: Girão explica que a classe liberal está sofrendo prejuízo econômico com a paralisação das atividades durante a pandemia e elogia a rapidez do Congresso Nacional em aprovar o projeto. (GIRÃO) O Congresso mostrou agilidade, foi um projeto de cidadania que foi aprovado aqui, fica um lado positivo do Congresso Nacional, de atender as demandas, de se sensibilizar com a dificuldade de uma classe que mobiliza a economia, que gera emprego, presta um serviço importantíssimo à nação. Rep: Aprovada pela Câmara dos Deputados na última quinta-feira, a proposta segue agora para sanção presidencial. Da Rádio Senado, Raquel Teixeira.

Segue para sanção presidencial o Projeto de Lei 2424 de 2020, de autoria do senador Eduardo Girão (Podemos-CE), que cria linha de crédito para profissionais liberais, como advogados, corretores e arquitetos, que não tenham vínculo empregatício. As informações com a repórter Raquel Teixeira, da Rádio Senado.

TÓPICOS:
Burocracia  Câmara dos Deputados  CE  Ceará  Cidadania  Congresso Nacional  Crédito  Economia  Emprego  Empresas  Juros  pandemia  Podemos  Senador Eduardo Girão 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 0 61 2211
Ao vivo