Pandemia

Ajuda da União só cobre 30% das perdas de arrecadação, reclamam municípios

02:23Ajuda da União só cobre 30% das perdas de arrecadação, reclamam municípios

Transcrição LOC: OS MUNICÍPIOS DEVEM TER UMA PERDA DE 74 BILHÕES DE REAIS EM 2020 POR CONTA DA CRISE CAUSADA PELO NOVO CORONAVÍRUS. LOC: A CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS MUNICÍPIOS PREVÊ ATRASOS NA FOLHA DE PAGAMENTO E SUGERE CAOS NAS FINANÇAS SE NADA FOR FEITO. A REPORTAGEM É DE MARCELLA CUNHA TÉC: O Presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Glademir Aroldi, disse que o auxílio financeiro da União aos municípios não será suficiente. Segundo ele, os 23 bilhões de reais transferidos pela União pelo Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus vão cobrir apenas 30% da perda de arrecadação dos municípios, que deve atingir 74 bilhões de reais até o fim do ano. (Glademir) Se nada acontecer, eu posso garantir que a grande maioria dos municípios vai atrasar folha de pagamento e não terá recursos para cumprir o pagamento com seus fornecedores. Então precisa acontecer alguma coisa a partir de setembro senão vamos viver um verdadeiro caos nas finanças (REP) Para a senadora Zenaide Maia, do Pros do Rio Grande do Norte, deixar de pagar o salário de servidores pode agravar ainda mais a crise econômica. (Zenaide) Isso é assustador. Não só pelo lado humano, porque esses servidores uma grande parte está na comissão de frente da covid-19. Mas, ainda, os servidores públicos de prefeitura ou de estados eles quem movimentam também a economia dos municípios e dos estados. (REP) O presidente da CNM defendeu que os municípios precisam de mais flexibilidade na utilização dos recursos transferidos pela União, tanto para a aplicação na saúde como na assistência social. Assim como os Governadores, Aroldi lamentou a falta de articulação do Governo Federal para a compra de medicamentos e insumos e afirmou que os prefeitos têm medo de serem responsabilizados no futuro pela alta dos preços praticados durante a pandemia. Ele pediu, ainda, o apoio dos parlamentares para prorrogar a reposição do Fundo de Participação dos Municípios até dezembro. Já há uma proposta neste sentido em tramitação na Câmara dos Deputados, que pode evitar uma perda de quase 6 bilhões de reais para os municípios. O presidente da Associação Brasileira de Municípios, Ari José Vanazzi, foi convidado para participar da reunião, mas não compareceu. Da Rádio Senado, Marcella Cunha

A comissão mista que acompanha os gastos do governo para o enfrentamento do coronavírus ouviu nesta quinta-feira (2) o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Glademir Aroldi. Ele afirmou que o auxílio financeiro da União cobre apenas 30% da perda de arrecadação dos municípios e teme um colapso nas contas das prefeituras. A senadora Zenaide Maia (PROS-RN) demonstrou preocupação com a possibilidade de atraso na folha de pagamento de servidores, que pode dificultar ainda mais a retomada do crescimento econômico. A reportagem é de Marcella Cunha.

TÓPICOS:
Assistência Social  Câmara dos Deputados  Coronavírus  covid-19  Crise econômica  Economia  Estados  Fundo de Participação dos Municípios  Medicamentos  Municípios  pandemia  PROS  Rio Grande do Norte  Saúde  Senadora Zenaide Maia  Servidores públicos  União 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo