Plenário

Agenda da semana no Senado

02:19Agenda da semana no Senado

Transcrição LOC: SENADORES PODERÃO VOTAR REVISÃO DE CONTRATOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E AUXÍLIO DE TRINTA REAIS PARA FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA. LOC: MAS SESSÃO DO CONGRESSO NACIONAL PODERÁ SER ADIADA DEVIDO ÀS CONVENÇÕES PARTIDÁRIAS. REPÓRTER HÉRICA CHRISTIAN TÉC: O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, do Democratas do Amapá, deverá se reunir com os líderes partidários nesta terça-feira para definir as votações da semana. Um dos projetos que poderá ser incluído na pauta é o que garantirá um repasse de R$ 30 mensais para famílias inscritas no Cadastro Único do governo federal. O dinheiro só poderá ser usado para despesas com telecomunicações, a exemplo de pacotes de internet. O Plenário poderá votar também a criação do Regime Jurídico Emergencial e Transitório das relações jurídicas contratuais da Administração Pública no período da pandemia. O autor, senador Antonio Anastasia, do PSD de Minas Gerais, explicou que o objetivo é garantir a entrega de produtos e a execução de serviços essenciais à população. (Anastasia) Questões relativas aos serviços públicos de energia, de telefonia, de transporte público e concessionárias de estradas, contratos de fornecedores de alimentação. Todo o mundo complexo de relações jurídicas entre o Poder Público e seus contratados merece um regime de transição para evitar que esses contratos sejam prejudicados, para manter a prestação dos serviços, dar guarida a essas empresas e ao mesmo tempo não permitir que haja prejuízo ao usuário serviço público. REP: O vice-líder do governo, Izalci Lucas, do PSDB do Distrito Federal, acredita no adiamento da sessão do Congresso Nacional prevista para quarta-feira. Segundo ele, muitos deputados e senadores estão envolvidos nas eleições municipais e não conseguirão participar das votações. (Izalci) As convenções se encerram agora nesta semana. Então, muitos parlamentares estão em seus estados e municípios nos últimos dias das convenções que são quarta e quinta-feira. Então, dificilmente haverá quórum para qualquer votação no Congresso. E acho que até no Senado também na quinta-feira pode ficar comprometida exatamente pelo finalzinho aí das convenções partidárias. REP: Na pauta do Congresso Nacional, estão 24 vetos. Entre eles, o que trata da indenização de R$ 50 mil para profissionais da saúde incapacitados após terem contraído o novo coronavírus. Da Rádio Senado, Hérica Christian.

O Plenário do Senado poderá votar a criação de um auxílio de R$ 30 mensais para famílias de baixa renda pagarem serviços de internet. Os recursos virão do Fust – Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações. Outro projeto da pauta é o do senador Antonio Anastasia (PSD-MG) que permitirá a revisão de contratos públicos durante a pandemia por meio de um regime especial. Já a sessão do Congresso Nacional prevista para quarta-feira poderá ser adiada. O vice-líder do governo, senador Izalci Lucas (PSDB-DF), citou a falta de quórum nesta última semana de convenções partidárias para as eleições municipais. As informações são da repórter Hérica Christian.

PL 2388/2020

PL 2139/2020

TÓPICOS:
Administração Pública  Amapá  Congresso Nacional  Coronavírus  Davi Alcolumbre  Distrito Federal  Eleições  Empresas  Energia  Estados  Fust  Internet  Minas Gerais  Municípios  pandemia  Plenário do Senado  PSD  PSDB  Saúde  Senador Antonio Anastasia  Senador Davi Alcolumbre  Senador Izalci Lucas  Serviço Público  Telecomunicações  Transporte Público  Vetos 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo