Educação

Maior parte dos professores do Brasil já pediu afastamento por motivo de saúde

02:07Maior parte dos professores do Brasil já pediu afastamento por motivo de saúde

Transcrição LOC: DOIS EM CADA TRÊS PROFESSORES JÁ PEDIRAM AFASTAMENTO DE SALA DE AULA POR MOTIVO DE SAÚDE. LOC: O BRASIL TEM MAIS DE DOIS MILHÕES DE PROFESSORES. A REPORTAGEM É DE RODRIGO RESENDE: TÉC: O presidente da Comissão de Educação do Senado, Dário Berger, do MDB de Santa Catarina, lamentou a situação da saúde da maioria dos professores do país. Dário Berger trouxe dados que mostram que pelo menos dois terços dos docentes já passaram por algum problema de saúde durante o exercício da profissão: (Dário Berger): Em pesquisa realizada pela associação Nova Escola cerca de 66% dos professores brasileiros já precisaram pedir afastamento de sala de aula por problemas de saúde. Sendo stress, dores de cabeça, insônia, dores nos membros e depressão os maiores problemas. A saúde dos professores brasileiros e a qualidade da Educação Nacional está umbilicalmente ligada a uma maior valorização dessa área. (REP) Outro ponto destacado por Berger é o alto número de agressões sofridas por professores: (Dário Berger): segundo levantamento da organização para a cooperação e desenvolvimento econômico, a OCDE, o Brasil lidera o ranking mundial de agressões contra os professores. Cerca de 13% dos professores declararam já ter sofrido algum tipo de agressão em sala de aula, seja agressão física, seja agressão verbal, ou de discriminação, ou outro tipo de agressão (REP) O senador Flávio Arns, da Rede Sustentabilidade do Paraná, vice-presidente da CE, afirmou que a valorização dos professores passa por diversos aspectos, entre eles o cuidado com a saúde, o plano de carreira e a disponibilidade de tempo para as atividades docentes: (Flávio Arns): Para que haja plano de carreira que a gente cuide dos professores, professoras, funcionários, para trabalhar em uma escola, se dedicarem vai trabalhar em 3,4,5. Que tenha hora atividade ... para um professor de português, se você aplica uma redação na sala de aula depois tem que corrigir 30 redações, 40 pedaços, tem que preparar a aula, tem que ter tempo (REP) De acordo com o Censo Escolar do INEP de 2017, o Brasil tem dois milhões e duzentos mil professores.

Dois a cada três professores brasileiros já pediram afastamento por motivo de saúde. Os dados foram apresentados na Comissão de Educação pelo presidente do colegiado, senador Dário Berger (MDB-SC). Ele disse ainda que 13% dos professores já sofreram algum tipo de agressão em sala de aula. Para o senador Flávio Arns (Rede-PR), o professor precisa ser valorizado e ter plano de carreira adequado e tempo para desenvolver as atividades docentes. A reportagem é de Rodrigo Resende, da Rádio Senado.

TÓPICOS:
CE  Desenvolvimento  Educação  MDB  Paraná  PR  Professores  Rede  Rede Sustentabilidade  Saúde  Santa Catarina  Senador Dário Berger  Senador Flávio Arns  Sustentabilidade 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo