Conexão Senado

Os perigos do uso de hidroxicloroquina contra o coronavírus sem supervisão médica

06:36Os perigos do uso de hidroxicloroquina contra o coronavírus sem supervisão médica

A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso da substância hidroxicloroquina no tratamento de pacientes em estado grave afetados pela pandemia covid-19. Porém, adverte que a substância passou a ser controlada e só pode ser vendida com prescrição médica. Ainda não há estudos conclusivos sobre a dosagem adequada para tratamento da covid-19. Segundo a hepatologista e gastroenterologista Daniela Louro, os efeitos colaterais são graves, e vão desde diarreia e vômitos a comprometimento do fígado, dos rins, arritmia cardíaca, anemia e distúrbios de coagulação do sangue. A Dra. Daniela Louro conversou com o jornalista Jeziel Carvalho no programa Conexão Senado, da Rádio Senado.  Ouça o áudio com a entrevista.

TÓPICOS:
Conexão Senado  Coronavírus  Saúde  Saúde Pública  covid-19  Doenças  Hepatologia  Gastroenterologia  Medicamentos  Medicina  Ministério da Saúde  Presidente da República  Bolsonaro  G-20  Economia  Médicos  China  EUA  Estados Unidos  OMS  Mídia  Farmácias  Internet  Redes Sociais 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo