Conexão Senado

Lasier Martins defende 30% de juros para operações financeiras

A taxa Selic, que é cobrada nas operações financeiras entre bancos, pode cair para 2% nesta quarta-feira (05). Será o índice mais baixo na história econômica do Brasil. No entanto, essa baixa não se reflete nos juros do cartão de crédito, que continuam na faixa dos 300% ao ano, e do cheque especial, em 120%. Tramita no Senado um projeto (PL 1166/2020) do senador Alvaro Dias (Podemos-PR) que, originalmente, limitava a 20% ao ano os juros para as dívidas contraídas entre março e julho deste ano. O relatório do senador Lasier Martins (Podemos-RS) estendeu a validade do teto para toda a duração do estado de calamidade pública, até o fim do ano, com a contrapartida de aumentar os juros anuais máximos para 30%, para a maioria dos bancos, e 35%, para sociedades de crédito direto. O jornalista Adriano Faria conversou com Lasier sobre o assunto.​

05/08/2020, 09h20 - ATUALIZADO EM 05/08/2020, 14h44
Duração de áudio: 05:01
Foto: Jane de Araújo/Agência Senado
Ao vivo
00:0000:00