Ir para conteúdo principal

Senado Notícias

Para senadores do PT, calendário de votações fica suspenso até decisão final do STF

06/12/2016, 16h47 - ATUALIZADO EM 07/12/2016, 16h11

Senadores do Partido dos Trabalhadores afirmaram nesta terça-feira (6) que o calendário de votações do Senado terá que ficar paralisado até à decisão do Plenário do Supremo Tribunal Federal sobre o afastamento do presidente da Casa, Renan Calheiros. "Não temos como votar nada, vamos ter que esperar. A pauta toda, em especial a PEC 55, não vai ser apreciada na próxima semana", disse Lindbergh Farias (PT-RJ). "Tomar qualquer decisão no que diz respeito a esses temas seria um grande equívoco. Só vamos discutir qualquer coisa da pauta quando houver uma solução definitiva", disse o líder Humberto Costa (PT-PE).

Oposição diverge sobre decisão de manter Renan na presidência do Senado

Vídeo - Renan explica decisão de não se afastar do cargo conforme determinação do STF

Vídeo - Randolfe defende cumprimento da decisão de Marco Aurélio Mello

Vídeo - Caiado: 'Não temos que criar um enfrentamento com o STF'

Vídeo - Votação da PEC do Teto de Gastos deve ser mantida para o dia 13, diz Aécio

Vídeo - 'Devemos aguardar a decisão do Plenário do Supremo’, diz Jorge Viana

Áudio - Governo e oposição divergem sobre votação da PEC do Teto de Gastos






Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11