Comissão da Covid-19 debate produção de vacinas nesta quinta

Da Redação | 07/04/2021, 15h37

A Comissão Temporária da Covid-19 ouve nesta quinta-feira (8) representantes de laboratórios, da Anvisa, da Fiocruz, do Butantan e do governo federal. O objetivo é debater a transferência, para o Brasil, de tecnologia para a produção de vacinas anticovid. A audiência pública, em caráter remoto, está marcada para as 9h.

Foram convidados para a reunião Nísia Trindade Lima, presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz); Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan; Marcelo Marcos Morales, secretário de Pesquisa e Formação Científica do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações; Antonio Barra Torres, diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa); Delair Ângelo Bolis, presidente do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal (Sindan); e um representante do Ministério das Relações Exteriores. 

Criada em fevereiro, para acompanhar assuntos relacionados à pandemia de covid-19, a comissão é composta por 12 senadores titulares e igual número de suplentes. O presidente do colegiado é o senador Confúcio Moura (MDB-RO), o vice-presidente é o senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) e o relator é o senador Wellington Fagundes (PL-MT).

COMO ACOMPANHAR E PARTICIPAR

Participe:
http://bit.ly/audienciainterativa
Portal e-Cidadania:
senado.leg.br/ecidadania

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
18h18 CPI da Covid: Líderes partidários devem indicar integrantes para a CPI da Covid. No total, vão compor a comissão 11 senadores titulares e 7 suplentes, com prazo de 90 dias de trabalho para a conclusão das investigações.
18h16 CPI da Covid: Requerimento de Eduardo Girão (Podemos-CE) para investigar, como fatos conexos, a aplicação de recursos federal por estados e municípios no combate à pandemia, foi acrescido ao escopo da CPI da Covid.
18h13 CPI da Covid: O pedido de instalação da CPI da Covid foi protocolado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e investigará as ações e omissões do governo federal no combate à pandemia, e o agravamento da crise sanitária no Amazonas.
Ver todas ›