Senado aprova diretor para a Instituição Fiscal Independente

Da Redação | 29/11/2016, 16h52 - ATUALIZADO EM 29/11/2016, 21h34

O Plenário aprovou, nesta terça-feira (29), o nome do economista Felipe Scudeler Salto para o cargo de diretor-executivo da Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado. Foram 50 votos a favor e apenas um contrário, além de duas abstenções. A instituição auxiliará no acompanhamento das atividades fiscais e orçamentárias traçando cenários e antecipando possíveis problemas e soluções. A indicação de Felipe Salto já havia sido aprovada na Comissão Diretora pela manhã.

Felipe Salto fará parte do Conselho Diretor da IFI que ainda contará com outros dois diretores indicados pelas comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) do Senado. Os indicados pelas comissões serão conhecidos em fevereiro do ano que vem. O mandato dos três diretores é de quatro anos, não admitida a recondução.

A competência e o currículo de Felipe Salto foram destacados no Plenário. O senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) elogiou o preparo técnico do indicado, enquanto o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) definiu Salto como “um economista respeitado por todos”.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)