Confúcio pede políticas públicas de proteção das comunidades indígenas

Da Rádio Senado | 20/04/2020, 16h32

O senador Confúcio Moura (MDB-RO) denunciou nesta segunda-feira (20), em pronunciamento pela internet, a falta de políticas públicas efetivas de proteção das comunidades indígenas. Ao lembrar o Dia do Índio, celebrado no domingo (19), o senador destacou a necessidade de continuar a demarcação das terras indígenas, pois esses povos precisam de amplos territórios para realizar suas atividades de coleta, caça e pesca. 

— Eles vivem disso. São coletores naturais, caçadores experientes, pescadores efetivos. Então, limitando as suas áreas, matam o índio.

Confúcio assinalou que os índios já viviam no território que hoje forma o Brasil muito antes da chegada de Pedro Álvares Cabral. E que depois do descobrimento, mesmo sendo os verdadeiros donos das terras, sofreram "um verdadeiro genocídio". O senador acrescentou que muitos índios morreram devido a doenças que eles nem conheciam e outros passaram a ser escravizados pelos fazendeiros, senhores de engenho e bandeirantes. Portanto, de acordo com o senador, o Dia do Índio é uma data ao mesmo tempo festiva e triste.

 

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
16h40 Empréstimos para Curitiba: Senado aprova autorização para contratação de operação de crédito externo, de 138 milhões de euros, entre Curitiba e a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), para o "Projeto Gestão de Risco Climático Bairro Novo do Caximba.
16h37 Empréstimos para Curitiba: Senado aprova autorização para operação de crédito externo, de US$ 106,7 milhões, entre Curitiba e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para o Projeto Aumento da Capacidade e Velocidade da Linha Direta Inter 2.
Ver todas ›