Styvenson Valentim destaca campanha Dezembro Vermelho, de conscientização sobre Aids

Da Redação | 11/12/2019, 19h19

O senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) destacou nesta quarta-feira (11) em Plenário a campanha Dezembro Vermelho, criada pela ONU com o objetivo de promover a conscientização sobre prevenção ao HIV e à AIDS. O parlamentar chamou a atenção dos congressistas para uma doença que pensava já tivesse sido erradicada no Brasil.

De acordo com Styvenson Valentim, a doença ainda se propaga de forma epidêmica por falta de informações adequadas e por preconceitos.  Ele citou uma pesquisa realizada pelo programa sobre HIV/AIDS (Unaids), em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), que aplicou questionários do chamado índice de estigma em relação às pessoas afetadas por HIV e Aids. Segundo ele, a pesquisa mostrou que uma em cada 10 pessoas infectadas com vírus da imunodeficiência humana (HIV) tem dificuldade em admitir ser portadora do vírus.

— Neste ano, aproximadamente 1.784 mil pessoas com HIV e Aids que responderam a um questionamento com 80 perguntas não falam que são portadoras, principalmente por causa do julgamento de outras pessoas, que consideram que a principal causa seria devida ao sexo não seguro, ou sem preservativo. Entretanto, há outras formas de contágio, como a transfusão de sangue contaminado, o uso de seringas por mais de uma pessoa e instrumentos cortantes não esterilizados — alertou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
20h27 Transporte exclusivo para cuidadores: O Plenário aprovou substitutivo ao Projeto de Lei 2.178/2020, que prevê transporte exclusivo para cuidadores de pessoas com deficiência, de portadores de doenças raras e de idosos durante a pandemia. A matéria segue para a Câmara.
19h57 Dívidas rurais: O Plenário aprovou substitutivo ao Projeto de Lei 1.543/2020, que prorroga o vencimento de dívidas rurais de agricultores familiares. A matéria segue para a Câmara.
17h53 Cessão de leitos para o SUS: O Plenário aprovou substitutivo ao Projeto de Lei 2.324/2020, que obriga hospitais privados a ceder leitos desocupados para tratar pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) com a covid-19. A matéria segue para a Câmara.
Ver todas ›