Heinze pede urgência para que agricultor volte a terra grilada no Oeste da Bahia

Da Rádio Senado | 28/11/2019, 16h43

O senador Luiz Carlos Heinze (PP-RS) parabenizou nesta quinta-feira (28), em Plenário, o Ministro Og Fernades, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), por deflagrar a Operação Faroeste, que resultou no afastamento de desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA) e juízes no oeste do estado. Os investigados são acusados de venda de decisões para legitimar terras na região, permitindo a grilagem de mais de 800 mil hectares, especialmente no município de Formoso do Rio Preto.

Heinze pediu urgência para que seja resolvida a situação dos produtores rurais. Segundo o parlamentar, por conta do esquema de grilagem, agricultores, muito deles gaúchos, foram afastados de suas terras e, agora, precisam voltar para o cultivo, para que não percam um ano de produção. Se, de um lado, os criminosos estão sendo devidamente responsabilizados, disse o senador, é preciso que as vítimas possam retornar às terras e garantir novas safras.

— Por isso, o nosso pleito é para que as autoridades judiciárias baianas, sobremodo os desembargadores do Tribunal de Justiça, a quem estão afetos os processos relativos àquelas posses, providenciem o que for cabível, levando em conta a decisão do Superior Tribunal de Justiça, porque não se justifica o prosseguimento daqueles abusos em relação aos agricultores, que são vítimas daquele estelionato — disse o senador.

Heinze anunciou ainda que nos próximos dias visitará a Universidade Federal do Rio Grande do Sul, que teve R$ 12,5 milhões do Orçamento da União liberados recentemente para obras, e Caxias do Sul (RS), onde realizará reunião com prefeitos de municípios próprios para tratar das obras do aeroporto de Caxias.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
20h27 Transporte exclusivo para cuidadores: O Plenário aprovou substitutivo ao Projeto de Lei 2.178/2020, que prevê transporte exclusivo para cuidadores de pessoas com deficiência, de portadores de doenças raras e de idosos durante a pandemia. A matéria segue para a Câmara.
19h57 Dívidas rurais: O Plenário aprovou substitutivo ao Projeto de Lei 1.543/2020, que prorroga o vencimento de dívidas rurais de agricultores familiares. A matéria segue para a Câmara.
17h53 Cessão de leitos para o SUS: O Plenário aprovou substitutivo ao Projeto de Lei 2.324/2020, que obriga hospitais privados a ceder leitos desocupados para tratar pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) com a covid-19. A matéria segue para a Câmara.
Ver todas ›