Investigados na operação Lava Jato não são vítimas, diz Kajuru

Da Rádio Senado | 18/06/2019, 17h46

O senador Jorge Kajuru (PSB-GO) censurou nesta terça-feira (18), em Plenário, a autorização do pedido de recuperação judicial da Odebrecht, concedida pela 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo.

Para o parlamentar, não há dúvidas de que a Operação Lava Jato — que  investiga crimes de corrupção, gestão fraudulenta, lavagem de dinheiro, organização criminosa e recebimento de lavagem de vantagem indevida — tenha influenciado na demissão de quase 350 mil pessoas, uma vez que interrompeu a atividade de muitas empresas. No entanto, para Kajuru, também não dá "para fingir" que os donos dessas empresas foram vítimas da corrupção.

— Lembro do senador Pedro Simon, bradando aqui desta tribuna, querendo criar a CPI dos empreiteiros. Se essa CPI tivesse sido criada, lá atrás, talvez tivesse impedido o que aconteceu na Lava Jato. Os empresários estavam de tocaia à espera de qualquer governante. Investiram muito na campanha da Dilma, investiram muito na campanha de Aécio Neves. Qualquer um que chegasse ao poder para estas empreiteiras estariam bem — disse.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
12h06 Tecnlogia 5G: A Comissão de Ciência e Tecnologia aprovou o Requerimento 62/2019, para criar uma subcomissão temporária para acompanhar a implantação da tecnologia 5G de telefonia móvel. O colegiado vai ser composto por cinco senadores.
12h06 Rádios comunitárias: A Comissão de Ciência e Tecnologia aprovou, em caráter terminativo, 13 autorizações para rádios comunitárias nos estados de Pernambuco, Santa Catarina, Paraná, Tocantins, Ceará e Rio Grande do Sul.
11h47 Participação popular: Aprovada na Comissão de Ciência e Tecnologia a proposta que define hipóteses de bloqueio de usuários do portal e-Cidadania, de participação popular no Senado. O PRS 65/2019 segue para análise na Comissão Diretora.
Ver todas ›