Styvenson critica retomada de julgamento da descriminalização da maconha no STF

Da Redação | 28/05/2019, 17h44

O senador Styvenson Valentim (Pode-RN) criticou durante pronunciamento, nesta terça-feira (28), a possibilidade de ser descriminalizado o uso da maconha pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Isso porque os membros da Corte agendaram retomar a análise de ação sobre o tema para a próxima semana. Três ministros já votaram favoravelmente à descriminalização.

O parlamentar lembrou que durante os 16 anos que passou na Polícia Militar do Rio Grande do Norte o fizeram ter a convicção da necessidade de tolerância zero com qualquer tipo de droga. Ele disse que está crescendo o número de dependentes químicos em todo o país, o que provoca, segundo ele, além do drama humano e do risco para a sociedade, enormes despesas médicas para o poder público. Styvenson afirmou que, apenas em 2018, foram gastos R$ 120 milhões no tratamento de pessoas dependentes químicas.

E o risco que toda a sociedade está correndo quando a pessoa se vicia e é capaz de matar a própria mãe para conseguir dinheiro para comprar drogas? — questionou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
20h27 Transporte exclusivo para cuidadores: O Plenário aprovou substitutivo ao Projeto de Lei 2.178/2020, que prevê transporte exclusivo para cuidadores de pessoas com deficiência, de portadores de doenças raras e de idosos durante a pandemia. A matéria segue para a Câmara.
19h57 Dívidas rurais: O Plenário aprovou substitutivo ao Projeto de Lei 1.543/2020, que prorroga o vencimento de dívidas rurais de agricultores familiares. A matéria segue para a Câmara.
17h53 Cessão de leitos para o SUS: O Plenário aprovou substitutivo ao Projeto de Lei 2.324/2020, que obriga hospitais privados a ceder leitos desocupados para tratar pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) com a covid-19. A matéria segue para a Câmara.
Ver todas ›