Davi diz que Orçamento Impositivo representa um avanço para estados e municípios

Da Redação | 02/04/2019, 20h53

A votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 34/2019, que torna obrigatória a execução de emendas ao Orçamento apresentadas pelas bancadas estaduais, representa um avanço para estados e municípios, disse nesta terça-feira (2) o presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

Em entrevista à imprensa, ele destacou o acordo com quebra de interstício para votação da proposta, assinado por todas as lideranças partidárias com assento na Casa. Davi disse ainda que os governadores precisam se mobilizar ainda mais sobre temas federativos, como forma de fazer a reforma que reflita o momento vivido no país.

O presidente disse ser favorável à aprovação do texto da PEC, a ser votada no Senado nesta quarta-feira (3), por entender que os recursos irão melhorar diretamente a vida da população.

— A União está muito distante dos problemas das pessoas e a PEC vai levar de fato à concretude do pacto federativo em relação a recursos importantes —afirmou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
16h40 Empréstimos para Curitiba: Senado aprova autorização para contratação de operação de crédito externo, de 138 milhões de euros, entre Curitiba e a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), para o "Projeto Gestão de Risco Climático Bairro Novo do Caximba.
16h37 Empréstimos para Curitiba: Senado aprova autorização para operação de crédito externo, de US$ 106,7 milhões, entre Curitiba e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para o Projeto Aumento da Capacidade e Velocidade da Linha Direta Inter 2.
Ver todas ›