Airton Sandoval faz balanço do mandato e se mostra otimista com o país

Da Redação e Da Rádio Senado | 18/12/2018, 19h04 - ATUALIZADO EM 18/12/2018, 19h34

Em seu discurso de despedida do Senado, o senador Airton Sandoval (MDB-SP) declarou esperar que o Brasil consiga no próximo ano superar a crise econômica e política dos últimos anos. Ele observou que ainda virão grandes desafios, mas se disse otimista com a eleição de Jair Bolsonaro para a Presidência da República. No entendimento de Sandolval, a democracia brasileira está consolidada e não cabem no país radicalismos à esquerda ou à direita.

— Minha percepção política do futuro é a de que, embora a eleição de Jair Bolsonaro represente uma guinada à direita, não será uma guinada radical. A maioria do povo brasileiro enxergou em Bolsonaro, dentre os vários candidatos, o único capaz de promover uma forte e positiva mudança no estado de coisas que estamos vivendo — afirmou o senador.

Ao fazer um balanço de sua atividade no Senado, Airton Sandoval mencionou os 15 projetos de lei de sua autoria. Ele também criticou o cancelamento, por parte do Ministério da Integração Nacional, de recursos empenhados para vários municípios da região de Franca, em São Paulo.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
16h09 Canudos e plásticos: A Comissão de Meio Ambiente (CMA) aprovou o Projeto de Lei do Senado 263/2018, que proíbe a produção e o uso de canudos e sacolas de plástico no Brasil. A matéria segue para o Plenário.
15h57 Informações ambientais : A Comissão de Meio Ambiente (CMA) aprovou o Projeto de Lei do Senado 458/2018, que permite aproveitar informações de impacto ambiental em licenciamentos na mesma área geográfica. A matéria segue para a Câmara.
15h23 Descarte de medicamentos : A Comissão de Meio Ambiente (CMA) aprovou Projeto de Lei do Senado 375/2016 que insere medicamentos de uso humano no rol de produtos com descarte responsável. A matéria segue para a Comissão de Assuntos Sociais (CAS).
Ver todas ›