Ana Amélia defende regras para o lobby para reduzir a corrupção

Da Redação | 10/12/2018, 17h01 - ATUALIZADO EM 10/12/2018, 17h28

A senadora Ana Amélia (PP-RS) lembrou a passagem, no domingo (9) do Dia Mundial de Combate à Corrupção. Ela destacou que o problema não afeta apenas o Brasil, mas todos os países.

Após elogiar a operação Lava Jato, como ação decisiva nessa luta, a parlamentar gaúcha apontou a regulamentação da prática do lobby como uma medida que ajudaria a reduzir a corrupção.

Para a senadora, o lobby não é mais do que a defesa dos interesses de algum setor da sociedade e deve ser legalizado e feito às claras, exatamente para que a prática não seja algo nebuloso, como ocorre hoje, inclusive no Congresso.

A senadora gaúcha mencionou também a iniciativa de uma procuradora do Mato Grosso que promove discussões sobre a corrupção nas escolas de ensino fundamental e médio, públicas e privadas. Ela disse que assim as crianças saberão desde cedo o que é certo e o que é errado.

— E ela sabe que, se furar fila para a merenda escolar, é uma forma de corrupção. Se ela jogar o lixo no pátio da escola, também é uma forma de desleixo, de desatenção e de desrespeito com o bem coletivo que é o pátio da escola. Colar do colega que estudou mais do que ela, que não estudou por desatenção aos seus compromissos, é também uma forma de corrupção.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)