Ione Guimarães defende criação de carreira de Estado para levar médicos ao interior do país

Da Redação e Da Rádio Senado | 09/10/2018, 17h24 - ATUALIZADO EM 09/10/2018, 19h33

A senadora Ione Guimarães (PTB-GO) defendeu nesta terça-feira (9) em Plenário o fortalecimento Sistema Único de Saúde (SUS), criado há 30 anos pela Constituição de 1988. Ela elogiou a universalidade do SUS pela rede pública e pela privada conveniada.

Ela defendeu uma ampla correção da tabela de valores dos procedimentos médicos — pagos a instituições privadas que atendem pelo SUS — e a criação de uma carreira de Estado na profissão de médico. Isso, entende a senadora, favoreceria o envio de médicos para as cidades do interior, que têm menor capacidade de pagar salários atrativos.

Ione Guimarães disse ainda ser necessário melhorar a gestão do SUS. E pediu ainda o aumento dos recursos disponíveis para a Saúde. A senadora também mencionou o envelhecimento da população como um fato que pressionará os gastos com saúde pública no Brasil.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)