Ciro Nogueira é reeleito e Marcelo Castro será estreante no Senado pelo Piauí

Da Redação | 07/10/2018, 21h10 - ATUALIZADO EM 07/10/2018, 21h13

Selo_Eleições_2018

Os eleitores do Piauí reelegeram Ciro Nogueira (PP) para o segundo mandato dele no Senado. O candidato recebeu 29,75% dos votos e ficou em primeiro lugar no estado. A bancada piauiense na Casa também será composta pelo deputado federal Marcelo Castro (MDB), que recebeu 26,84% dos votos e ficou em segundo lugar.

O primeiro colocado, Ciro Nogueira Lima Filho é natural de Teresina. Empresário e graduado em Direito, Ciro participa da política desde os 26 anos, idade em que foi eleito deputado federal. Foi reeleito para a Câmara dos Deputados outras três vezes. Em 2010, chegou ao Senado com 695 mil votos. Ciro é o atual presidente do Partido Progressista (PP). Nestas eleições, fez parte da coligação A Vitória com a Força do Povo, que reuniu outras oito legendas.

Marcelo Castro

Nas vagas de suplentes, Ciro tem a mãe, Eliane Nogueira (PP), e o ex-prefeito de Picos Gil Paraibano (PP).

O segundo colocado, Marcelo Costa e Castro é natural de São Raimundo Nonato (PI) e tem 68 anos. É filiado ao MDB, e nestas eleições concorre ao Senado com o apoio da coligação que reúne outros oito partidos. É formado em Medicina, com doutorado em psiquiatria. Em 1982, elege-se deputado estadual, reelegendo-se em 1986 e 1990. Atualmente, é deputado federal pelo Piauí, cargo que ocupa desde 1999. Foi ministro da Saúde no governo Dilma Rousseff.

Como suplentes, ele tem o deputado estadual Zé Hamilton (PMN) e a ex-vereadora Rosário Bezerra (MDB).

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)