Exposição com obras de Athos Bulcão pode ser visitada até 29 de julho

Da Redação | 03/07/2018, 20h15 - ATUALIZADO EM 10/07/2018, 19h47

O Senado abriu nesta terça-feira (3) a exposição de projetos originais, gravuras e azulejos do artista plástico Athos Bulcão, que completaria 100 anos em 2 de julho. A mostra, na Senado Galeria, ficará aberta ao público até o dia 29 deste mês, todos os dias da semana, das 9h às 18h. Duas sobrinhas de Athos, Maria Antonieta e Maria Inês, participaram da cerimônia, além do presidente do Instituto Athos Bulcão, Paulo Brum, e arquitetos.

A diretora-geral do Senado, Ilana Trombka, falou sobre a satisfação de homenagear um artista que faz de Brasília um local diferente e admirado.

— Athos Bulcão, com seu trabalho, imprime essa aura de obra de arte por onde a gente passa. O Senado está fazendo essa exposição, a sessão solene e uma série de outras iniciativas para homenageá-lo, entre elas o mapa com as obras de Athos Bulcão no Palácio do Congresso Nacional.

Representando a família do artista, a sobrinha Maria Antonieta Bulcão Ferrari disse que o momento vivido pelos familiares nesse centenário tem sido marcado por muita emoção. Segundo ela, “tudo em Brasília acolhe o Athos e sua família de uma maneira muito gostosa”.

— A gente aprendeu porque era tão difícil ele sair daqui [Brasília] e ir lá em São Paulo. Mesmo que a gente chamasse toda hora e fizesse a massa que ele gostava, mesmo assim era difícil que ele fosse. Tanto que o apelidamos de tio Cometa, e hoje eu vejo que esse cometa tem uma luz própria — afirmou Maria Antonieta.

Maria Cristina Monteiro, diretora da Secretaria de Relações Públicas, disse que foi uma satisfação trazer a exposição para o Senado.

— Quero agradecer imensamente a equipe. Foi um grande esforço. Todos se dedicaram de coração  — ressaltou.

O presidente do Instituto Athos Bulcão, Paulo Brum, afirmou que o artista está presente no dia a dia dos cidadãos por meio de suas obras espalhadas pela cidade.

— Isso contribui para a formação da nossa identidade cultural, e o Athos está presente, atuando para a formação dessa identidade. Quero muito agradecer, em nome do instituto, por essa iniciativa do Congresso de fazer esse registro do centenário dele — disse.

Projeto

Juntamente com a exposição, foi lançado nesta terça o projeto Artistas do Congresso: releitura Athos Bulcão, com artistas que compartilharão seus olhares sobre as obras de arte do pintor, escultor e azulejista. O primeiro convidado foi o servidor Fernando Ribeiro, da Coordenação de Publicidade e Marketing do Senado. A mostra com as releituras do servidor está no Espaço Ivandro Cunha Lima, ao lado da Senado Galeria.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
09h52 Moro na CCJ: O ministro Sérgio Moro encerrou sua fala inicial. Ele disse ter havido uma invasão criminosa por grupo organizado com objetivo de invalidar condenações ou mesmo atrapalhar investigações em andamento ou atacar instituições.
09h19 Sergio Moro na CCJ : A presidente da CCJ, senadora Simone Tebet (MDB-MS), acaba de abrir a audiência com o ministro da Justiça, Sérgio Moro. O ex-juiz da Lava Jato terá 30 minutos iniciais para explicar suas conversas com Deltan Dallagnol.
Ver todas ›