CAE deve ouvir presidente da Caixa sobre empréstimos a Goiás

Da Redação | 26/06/2018, 11h44 - ATUALIZADO EM 26/06/2018, 21h27

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou nesta terça-feira (26) requerimento do senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) de convocação do ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, e de convite ao presidente da Caixa Econômica Federal, Nelson Antônio de Souza, para que deem explicações sobre operações de crédito entre o banco e o estado de Goiás.

— É conhecida a grave situação fiscal do estado, e essa tentativa de buscar mais empréstimo é preocupante. Goiás  foi rebaixado pelo Tesouro Nacional e está sem condições para contrair mais dívida com o aval da União - explicou Ronaldo Caiado.

O senador pretende questionar também o fato de o governo estadual ter prorrogado por cinco anos o contrato com o banco para administração da folha de pagamento dos servidores públicos.

— O governador, no fim de 2017, ampliou o contrato com a CEF para a folha de pagamento sem processo de licitação. O Ministério Público de Contas de Goiás já disse que isso não poderia ter sido feito. Este é um segundo questionamento que vamos fazer — afirmou Caiado.

Regimento

Segundo o parlamentar, o objetivo na verdade é ouvir o comando do banco, mas, como a comissão não tem poderes para convocá-lo, optou pela convocação do ministro da Fazenda. A intenção dos senadores é transformar posteriormente a convocação em convite.

— Não é nosso interesse a vinda do ministro, mas por ser a Caixa subordinada à Fazenda, temos essa única alternativa regimental. Depois de aprovado o requerimento, a Mesa pode articular a vinda do presidente — explicou Caiado.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)