Fátima acusa governo Temer de prejudicar Petrobras, enquanto beneficia multinacionais do petróleo

Da Redação | 20/06/2018, 16h31 - ATUALIZADO EM 20/06/2018, 16h41

Em discurso nesta quarta-feira (20), a senadora Fátima Bezerra (PT-RN) acusou o governo Michel Temer de realizar um desmonte da Petrobras, enquanto beneficia as multinacionais do petróleo com isenções tributárias que poderão provocar uma perda de arrecadação de mais de R$ 1 trilhão. Essa política, de acordo com a parlamentar, provoca um impacto negativo sobre a população, principalmente na Região Nordeste.

O assunto foi discutido na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR), presidida por Fátima. Ela ressaltou que o governo federal estabelece um Estado máximo de privilégios para os poderosos e um Estado mínimo de direitos e cidadania para o povo.

A parlamentar do Rio Grande do Norte anunciou que, como resultado do debate, a comissão resolveu convocar uma audiência pública para o dia 11 de julho, com a presença de governadores, gestores, especialistas e representantes dos trabalhadores, para discutir os impactos para os municípios e os estados do desmonte da Petrobras.

— Dia 11 a audiência pública e, em seguida, vamos fazer caravana, vamos levar esse debate para os Estados, porque esses dados têm que chegar à mesa do povo, essa política criminosa.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)