Paim anuncia movimento por uma reforma tributária justa

Da Redação e Da Rádio Senado | 11/06/2018, 15h22

Em pronunciamento nesta segunda-feira (11), o senador Paulo Paim (PT-RS) informou que um grupo de trabalhadores da Secretaria da Receita Federal e das secretarias estaduais lançou um movimento por uma reforma tributária solidária. A ideia é combater a desigualdade social e financeira.

Paim disse que esse movimento pretende fomentar um amplo debate para corrigir os desequilíbrios do sistema de impostos no Brasil. Para ele, as anomalias podem ser facilmente percebidas em comparação com outros países capitalistas menos desiguais.

O senador também lembrou que quase 30% da renda do Brasil está nas mãos de 1% dos habitantes. É a maior concentração do mundo, de acordo com a Pesquisa Desigualdade Mundial 2018, coordenada pelo economista francês Thomas Piketty, entre outros estudiosos.

- Segundo estudo da ONU, a pobreza no Brasil tem cor. Mais de 70% das pessoas vivendo em extrema necessidade no país são negras. Sessenta e quatro por cento dos extremamente pobres não completam a educação básica; e 80% dos analfabetos brasileiros são negros. No Brasil, a desigualdade tem outra discriminação hedionda: gênero feminino. Mulheres ganham 62% do valor dos rendimentos dos homens - ressaltou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
18h07 Acordo Mercosul: Aprovado o Projeto de Decreto Legislativo 104/2018, que confirma acordo de cooperação entre países do Mercosul para a criação de equipes conjuntas de investigação. O texto vai a promulgação.
18h03 Duplicata eletrônica: O Plenário aprovou o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 73/2018, que regulamenta a emissão de duplicata eletrônica. A matéria vai a sanção.
17h59 Desburocratização: O Plenário aprovou o Projeto de Lei do Senado (PLS) 17/2015, segundo o qual cartórios devem intermediar pedidos de usuários relativos a atos de outras serventias. A matéria vai para a Câmara.
Ver todas ›