Jorge Viana defende pacto pela segurança pública

Da Redação | 07/06/2018, 13h33 - ATUALIZADO EM 07/06/2018, 14h14

O senador Jorge Viana (PT-AC) cobrou nesta quinta-feira (7) em Plenário a formação de “um grande entendimento nacional” para combater a violência e conter a ação de facções criminosas. Para o parlamentar, a crise política e institucional que se instalou a partir de 2014 agravou o problema da segurança pública.

Jorge Viana usou números do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) para alertar para a taxa de assassinatos nos estados. Sergipe tem 64 mortes por 100 mil, seguido de Alagoas (54), Rio Grande do Norte (53), Pará (50), Amapá (48), Pernambuco (47), Bahia (47) e AC (44). De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), Honduras é o país mais violento do mundo, com 85,7 homicídios por cada grupo de 100 mil habitantes.

— Em vez de ficarmos apontando o dedo um contra os outros, está na hora de nos juntarmos, parando tudo aquilo que não é importante, para encontrar uma maneira de dar um basta à violência e vencer as facções criminosas. Quanto tempo vamos esperar por um grande entendimento nacional? Não é possível que a gente não mude — disse Jorge Viana.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Pronunciamento Senador Jorge Viana