Reguffe defende reforma política urgente

Da Redação e Da Rádio Senado | 04/06/2018, 18h31 - ATUALIZADO EM 04/06/2018, 19h40

O senador Reguffe (sem partido-DF) defendeu, em pronunciamento nesta segunda-feira (4), vários projetos de sua autoria que, em sua opinião, poderiam mudar a forma como os eleitores enxergam a política no Brasil.

Uma dessas propostas prevê que os parlamentares possam se reeleger uma única vez. Assim, ele acredita ser possível renovar o Poder Legislativo. Reguffe defendeu ainda a adoção do voto distrital, o que poderia facilitar a fiscalização dos candidatos eleitos, e o fim do do voto obrigatório.

Além disso, o senador apresentou projeto para permitir a revogação do mandato do político que descumprir aquilo que prometeu durante a campanha eleitoral.

Outros projetos apresentados por Reguffe preveem o fim da reeleição nos cargos do Poder Executivo, a padronização de campanhas políticas, permissão de candidaturas sem filiação partidária e perda de mandato para os candidatos eleitos para o Legislativo que ocuparem eventualmente cargo no Executivo.

- Essa é a reforma política que mudaria a cara da política nesse país. Hoje entram na política empresários ou pessoas com muito dinheiro, que compram indiretamente os seus mandatos; pessoas que representam uma categoria específica da sociedade, às vezes uma categoria profissional e agora até uma religião (...) Agora, o espaço para quem quer entrar na política por ideias, esse espaço é muito restrito. E é esse espaço que precisa ser ampliado - ressaltou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)