Elmano afirma que falta de manutenção em barragens coloca vidas em risco no Piauí

Da Redação e Da Rádio Senado | 16/04/2018, 16h48 - ATUALIZADO EM 16/04/2018, 17h23

O senador Elmano Férrer (Pode-PI) atribuiu à falta de planejamento a situação crítica em 31 de 39 barragens no Piauí -por causa das chuvas que atingem o estado nessa época do ano - conforme relatório elaborado pela Agência Nacional de Águas (ANA). Segundo ele, a situação coloca em risco a vida de milhares de piauienses.

Elmano afirmou que as barragens de Bezerros, Pedra Redonda e Emparedado correm o risco de rompimento, por causa do volume acumulado, o que obriga o deslocamento de famílias que correm o risco de serem atingidas.

O senador disse que, por causa do regime irregular de chuvas, as barragens são importantes para assegurar o abastecimento de água no Piauí. Só que o desleixo de autoridades com a manutenção dos reservatórios chegou a um ponto grave:

— É grave essa situação, o que traduz a falta de planejamento, a falta de continuidade administrativa que tem infelizmente, caracterizado a administração pública nos estados e, sobretudo, na união — lamentou o senador.

Já na região do semi-árido piauiense, segundo Elmano, as chuvas trouxeram alívio para as famílias que lá vivem. Mas a situação continua crítica, alertou o senador, ao lembrar que as precipitações não foram suficientes para encher os reservatórios na região.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Pronunciamento Senador Elmano Férrer