Recursos hídricos: Otto Alencar denuncia situação dramática do Rio São Francisco

Da Redação e Da Rádio Senado | 20/03/2018, 17h13 - ATUALIZADO EM 20/03/2018, 21h58

O senador Otto Alencar (PSD-BA) denunciou nesta terça-feira (20) em Plenário a situação do Rio São Francisco, cuja calha está completamente assoreada. O senador afirmou que o mesmo ocorre com os seus principais afluentes. Isso impede que as chuvas sejam devidamente aproveitadas, mesmo que venham em grandes quantidades.

O senador reconheceu a importância para o Nordeste da  transposição das águas do Velho Chico, mas disse que simultaneamente o grande rio deveria ter sido revitalizado. Ele apontou a necessidade urgentes de se recuperar as matas, tanto nas nascentes quanto nas margens, como parte desse processo de revitalização. Otto Alencar destacou que o lançamento de esgoto urbano em suas águas também é um sério problema.

— A capital do estado de Minas Gerais, Belo Horizonte, está jogando dentro do rio São Francisco 30% do seu esgoto, como estão todas as outras quase cidades próximas ao rio São Francisco fazendo a mesma coisa — denunciou o senador.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)