Batalha critica taxas de juros cobradas pelos bancos e cartões de crédito

Da Redação e Da Rádio Senado | 13/03/2018, 17h51 - ATUALIZADO EM 14/03/2018, 09h03

O senador Elber Batalha (PSB-SE) criticou as altas taxas de juros cobradas pelos bancos. Segundo ele, esta é uma das causas do endividamento do brasileiro. O senador citou dados segundo os quais mais de 40% da população tem dívidas no comércio, em contas de água e luz e nos bancos.

Na opinião do senador, o brasileiro não gosta de ser caloteiro, mas não tem conseguido pagar suas dívidas. Batalha criticou a atitude dos bancos que fornecem empréstimos a quem não tem condições de quitar e, depois, aumentam os juros para aumentar o seu lucro.

De acordo com Elber Batalha, a cada quatro casos de dívida, três envolvem cartão de crédito. Além disso, 80%dos que atrasam pagamento são pessoas de baixa renda que tem alimentos e remédios como os produtos que mais aparecem na fatura.

- Nesse contexto, os bancos nunca perdem. O sistema financeiro brasileiro concentrado controladamente em meia dúzia de famílias nunca perderá. É a regra do capitalismo aqui e no planeta - disse o senador.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)