Para Rodrigo Maia, reforma da Previdência conduzirá à igualdade

Da Redação | 05/02/2018, 19h42 - ATUALIZADO EM 06/02/2018, 14h38

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou nesta segunda-feira (5) que os parlamentares devem responder à demanda por um país "mais simples e mais igual". Ele  espera que a reforma da Previdência contribua para aprimorar os resultados positivos da economia, mas sublinhou que a crise é grande.

- Não tenho constrangimento de dizer que a reforma da Previdência vem para garantir igualdade, e essa igualdade é a que a sociedade está esperando da política brasileira - declarou.

Rodrigo Maia disse que a reforma trabalhista, aprovada em 2017, já contribui para a retomada do crescimento e o combate ao desemprego, e que este ano esses fatores deverão ter reflexos positivos mais acentuados na vida do cidadão.

O deputado, que criticou o "discurso fácil" incapaz de tirar as pessoas da pobreza, manifestou especial preocupação com a crise das finanças e da segurança pública nos estados. Ele ponderou que a reorganização do orçamento vai além da questão previdenciária e é a única forma de garantir igualdade de oportunidade para todos os brasileiros.

- Ninguém governará o Brasil no próximo ano se a reforma das despesas não for feita - concluiu.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)