Votação do relatório final da CPMI da JBS fica para amanhã

Da Redação | 12/12/2017, 14h39 - ATUALIZADO EM 12/12/2017, 20h04

Ficou para amanhã, quarta-feira (13), a votação do relatório final da CPMI da JBS, depois de pedido de vista coletivo de integrantes da comissão. A reunião está marcada para as 9h30.

O relatório pede o indiciamento, entre outros, do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot e sugere um projeto de lei que proíbe a celebração de acordos de delação premiada com acusados presos.

As propostas provocaram insatisfação de integrantes da comissão, que pedem a prorrogação do prazo final dos trabalhos, que se encerra no dia 22, e criticam a “pressa” para aprovação do relatório. O relator, deputado Carlos Marun (PMDB-MS), assume na quinta-feira (14) o cargo de ministro-chefe da Secretaria de Governo.

O presidente da CPMI, senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), defendeu a aprovação do relatório até quinta-feira. “Caso isso aconteça corremos o risco de terminar sem relatório aprovado, o que vai ser muito ruim”, disse.

Para a prorrogação dos trabalhos é preciso as assinaturas de 171 deputados e 27 senadores.

Com informações da Agência Câmara Notícias

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)