Presidente da CMO, Dário Berger marca votação de relatórios setoriais na segunda

Da Redação | 30/11/2017, 14h20 - ATUALIZADO EM 30/11/2017, 16h05

Presidente da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO), senador Dário Berger (PMDB-SC), fez um apelo a senadores e deputados que integram o colegiado a comparecem à reunião marcada para segunda-feira, às 20h para analisar e votar os relatórios setoriais do projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2018. A votação dos relatórios antecede a votação da peça orçamentária.

Segundo Dario Berger, o presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira, manifestou a intenção de colocar o Orçamento em votação no dia 14 de dezembro, o que exige maior velocidade na apreciação pela CMO:

— No dia 14 de dezembro, estava previsto para votarmos a peça orçamentária na CMO. É preciso fazer um esforço para antecipar a votação na comissão mista para no mínimo no dia 12. Vamos conversar com as lideranças para verificar essa possibilidade — anunciou

Chapecoense

Dário Berger também lembrou a passagem de um ano da tragédia com avião da Chapecoense. Por falta de combustível, o voo da LaMia caiu, a 50 km de Medellín, na Colômbia, causando a morte de 71 pessoas na madrugada do dia 29 de novembro de 2016. Dentre as vítimas fatais estavam 42 profissionais da Chapecoense: 19 jogadores, 14 integrantes da comissão técnica e nove dirigentes.

— Quantas emoções cabem em um ano? É pouco tempo para a fenda profunda cicatrizar. Ainda nos assombra e jamais sairá de nossa memória a tragédia. A ausência desses inesquecíveis jogadores, dirigentes, técnicos, empresários, tripulantes e jornalistas constituem um capital humano cuja perda jamais será reparada nas famílias, nas empresas e nas organizações onde seus talentos brilhavam — disse.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)