Lindbergh Farias manifesta indignação com ataque racista de blogueira contra menina

Da Redação e Da Rádio Senado | 27/11/2017, 17h50 - ATUALIZADO EM 27/11/2017, 19h31

Em discurso nesta segunda-feira (27) o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), criticou a blogueira Day McCarthy, que se apresenta como "socialite e escritora" e dirijou ofensas raciais, pela internet, à filha de 4 anos dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank.

O parlamentar disse que a indignação foi a sua primeira reação ao saber da notícia, mas, ao refletir sobre o assunto, concluiu que somente o amor remediará a situação. Isso porque, segundo Lindbergh, “a sociedade está doente”.

Lindbergh citou frase do líder sul-africano Nelson Mandela (1918-2013), segundo a qual "ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele". E que, "se alguém aprendeu a odiar, também pode ser ensinado a amar". O senador acrescentou que essa é a resposta que o Brasil precisa dar a esse caso de racismo.

— Eu fico me perguntando: Onde estão aqueles defensores de crianças, que foram protestar em museus, falar sobre arte, onde estão eles agora, repudiando esse ato criminoso de racismo?

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)