Humberto Costa diz que reforma da Previdência atingirá os mais necessitados

Da Redação e Da Rádio Senado | 22/11/2017, 18h30 - ATUALIZADO EM 01/03/2018, 14h16

O senador Humberto Costa (PT-PE) criticou, em pronunciamento, as “mentiras” do presidente Michel Temer sobre a reforma da Previdência e classificou as propostas em exame como tentativa de destruir as conquistas históricas dos trabalhadores. Segundo o senador, a reforma da Previdência não ataca os privilégios das carreiras superiores do serviço público e o combate ao deficit das contas públicas atingirá principalmente os mais necessitados.

Humberto também criticou o que chamou de vista grossa do governo para os grandes devedores da Previdência. O senador cobrou maior investigação da denúncia de influência de multinacionais petrolíferas sobre o Ministério de Minas e Energia, situação que associou à falta de competência do governo para defender o interesse nacional.

— Então, que legitimidade esse vendilhão da pátria tem para querer mexer na aposentadoria e nas pensões dos mais miseráveis? Sem acabar com privilégios, não há nenhuma reforma — afirmou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)