Vanessa Grazziotin critica ausência do governador do Amazonas em reunião da COP 23

Da Redação e Da Rádio Senado | 21/11/2017, 16h18 - ATUALIZADO EM 21/11/2017, 16h54

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) protestou contra a ausência do governador do Amazonas, Amazonino Mendes, no Amazon Day, durante a 23ª Conferência do Clima da ONU, a COP 23.

Ela salientou que o Amazon Day foi um dia especialmente dedicado ao debate sobre o desenvolvimento sustentável da Amazônia e reuniu na cidade de Bonn, na Alemanha, ministros do meio ambiente de muitos países, além de outros governadores da Região Amazônica, como os do Acre, Tião Viana e de Mato Grosso, Pedro Taques.

— O governador do meu estado não se fez presente. Infelizmente. Talvez demonstre que não tem grande compromisso ou nenhum entendimento da necessidade do envolvimento institucional do estado neste debate internacional.

Reforma trabalhista

Vanessa Grazziotin também criticou a Medida Provisória 808/2017, editada na semana passada, que trata de alterações na reforma trabalhista. Um ponto recebeu especial atenção da parlamentar: o que determina que as grávidas sejam automaticamente afastadas, enquanto durar a gestação, de atividades ou locais insalubres, sem que recebam o adicional de insalubridade.

— E eles mais uma vez punem a mulher pela sua mais nobre função, que é a da maternidade — disse a senadora, para quem o presidente da República, Michel Temer, ainda piorou a reforma trabalhista com a edição da medida provisória.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)