José Medeiros sugere novo modelo de atuação para os hospitais universitários

Da Redação e Da Rádio Senado | 20/11/2017, 17h39 - ATUALIZADO EM 20/11/2017, 17h58

Em discurso nesta segunda-feira (20), o senador José Medeiros (Pode-MT) ressaltou a importância dos hospitais universitários para a melhoria da eficiência do Sistema Único de Saúde no país. O parlamentar disse que, embora tenham sido criados para atender às necessidades das faculdades federais de Medicina, nada impede que esses hospitais assumam o controle de casas de saúde já existentes.

Segundo Medeiros, o Ministério da Educação atesta que, além da prestação direta de serviços à população, os hospitais universitários atuam, por exemplo, na elaboração de protocolos técnicos para diversas doenças, o que é essencial para o funcionamento do sistema. Na opinião dele, esse é o caso do Hospital Regional de Rondonópolis (MT), cujo contrato de administração por uma organização social está se encerrando. Fundado em 2001, o hospital possui 128 leitos ativos e realiza, em média, 545 cirurgias e mil atendimentos de urgência e emergência por mês.

Ao dizer que consultou a direção do curso de Medicina da Universidade Federal de Mato Grosso sobre a possibilidade de a instituição assumir o controle daquela unidade de saúde e transformá-la em um hospital universitário, José Medeiros informou que a resposta foi animadora.

— Creio que não se pode perder essa oportunidade, e a Secretaria de Saúde do Estado do Mato Grosso deveria abraçar a ideia de transformar o hospital regional em hospital universitário — afirmou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)