José Medeiros defende cuidados na primeira infância e investimento em educação

Da Redação e Da Rádio Senado | 30/10/2017, 17h16 - ATUALIZADO EM 30/10/2017, 18h02

O senador José Medeiros (Pode-MT) lamentou que os debates no país, pouco menos de um ano antes das eleições de 2018, não tenham como tema saúde, educação, economia e segurança pública e fiquem centrados em questões menores, a exemplo do que ocorreu em eleições anteriores.

Um assunto que merece destaque, na opinião de José Medeiros, é a formação das crianças. Segundo pesquisadores, disse o senador, é na primeira infância que é possível moldar a pessoa para que ela, por exemplo, não se torne um adulto criminoso.

Por isso, o cuidado da família e da escola, nessa fase, é essencial, acrescentou José Medeiros. O senador destacou ainda que a educação também pode mudar a realidade econômica do país. Para ele, o Brasil não pode se acomodar com a condição de grande produtor de alimentos. Por isso, é preciso, investir em inovação e tecnologia de ponta.

Medeiros alertou que a África, continente mais próximo da China que o Brasil, e com um clima semelhante ao do nosso país, pode, no futuro, conquistar o mercado asiático.

— Eu fico muito preocupado quando estados como Mato Grosso e Pará e tantos outros que dependem basicamente de exportações, no caso do Pará, do minério, e de Mato Grosso, das commodities agrícolas. Mas o estado nada ganha com aquilo, porque existe uma lei, chamada Lei Kandir, que impede que o estado arrecade sobre isso. Eu não sou contra os incentivos às exportações, mas eu sou contra que esses estados nada levem dessa riqueza e, mais ainda, que não seja incentivadas a ciência e a produção de conhecimento nesses estados.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)