Vanessa critica vetos de Temer à LDO

Da Redação | 10/08/2017, 13h11 - ATUALIZADO EM 10/08/2017, 14h24

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) criticou em Plenário nesta quinta-feira (10) os vetos do presidente Michel Temer ao projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que orienta a elaboração do Orçamento Geral da União. Temer rejeitou mais de 40 dispositivos da LDO. Entre eles, sugestões dos parlamentares para gastos em áreas sociais.

Segundo Vanessa Grazziotin, o governo vetou pontos que garantiam mais recursos para a agricultura familiar, o Sistema Único de Saúde (SUS), o programa Minha Casa Minha Vida e algumas ações de combate à violência contra a mulher. Para a senadora, a medida demonstra “o total descompromisso do governo com as prioridades sociais”.

— O governo publica esses vetos somente alguns dias depois de torrar R$ 14 bilhões com emendas parlamentares e outras benesses para se salvar na Câmara de um julgamento por corrupção no Supremo Tribunal Federal — afirmou Vanessa Grazziotin.

O senador Dário Berger (PMDB-SC), presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO), anunciou para a próxima terça-feira (15) uma reunião de líderes para discutir os vetos. O encontro está marcado para as 14h.

— Recebi a informação de que os vetos são amplos e significativos. O fato de apresentar vetos à LDO aprovada por uma comissão legitimamente empossada, que tem suas prerrogativas próprias e peculiaridades regionais, não pode ser desmerecido. Vamos discutir amplamente com os líderes para decidir encaminhamentos futuros — disse Dário Berger.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)