Senado aprova indicação para Embaixada do Brasil no Zimbábue

Da Redação | 07/06/2017, 17h08 - ATUALIZADO EM 07/06/2017, 20h00

O Senado aprovou nesta quarta-feira (7), por 45 votos a 1, a indicação de  Ana Maria Pinto Morales para exercer o cargo de embaixadora do Brasil no Zimbábue, país situado no sul do continente africano. A diplomata já trabalhou no país entre 1992 e 1995, quando foi encarregada de negócios na capital, Harare.

O Brasil estabeleceu relações diplomáticas com o Zimbábue em abril de 1980, no dia da celebração da independência do país, e abriu embaixada residente em Harare em 1987. A disponibilidade brasileira em cooperar com o Zimbábue é muito bem vista pelas lideranças do país africano. O então primeiro-ministro Morgan Tsvangirai chegou a dizer que seu país não teria “nada a aprender com as grandes potências e tudo a aprender com o Brasil”.

Currículo

Ana Maria Pinto Morales nasceu no município de Santo Ângelo (RS), ingressou na carreira diplomática no ano de 1979 e, em 2006, tornou-se ministra de segunda classe por merecimento. Em 2009, passou para o quadro especial da carreira. Desde 2011, é  embaixadora do Brasil em Lusaca, Zâmbia.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)