Lasier Martins afirma que Brasília viveu 'dia de Venezuela'

Da Redação e Da Rádio Senado | 24/05/2017, 19h51 - ATUALIZADO EM 24/05/2017, 20h19

Ao comentar as cenas do que classificou de vandalismo, ocorridas nesta quarta-feira (24) na Esplanada dos Ministérios, o senador Lasier Martins (PSD-RS) avaliou que Brasília vive um “dia de Venezuela”, com incêndio e depredação do patrimônio.

Lasier sublinhou que o governo do presidente Michel Temer está “caindo”, mas lembrou que é necessário preservar a ordem pública.

Ele apoiou o uso do Exército para que não prossiga a destruição. Para o senador gaúcho, as tropas nas ruas podem despertar lembranças do regime militar, mas assegurou que o caso de hoje é distinto. Segundo Lasier, a ex-presidente Dilma Rousseff também chamou as forças armadas para proteger o leilão de Libra, no Rio de Janeiro.

— A Polícia Militar de Brasília não deu conta da bagunça em que estava virada a capital federal. Por isso, pediu ajuda, e essa ajuda, esse socorro, é o que está sendo dado.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)