Senado e Embrapa debatem participação da mulher na Ciência

Da Redação | 26/04/2017, 12h56 - ATUALIZADO EM 26/04/2017, 21h37

A Procuradoria Especial da Mulher do Senador Federal, em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), promove, nesta quarta-feira (26), uma audiência pública sobre “Mulheres na Ciência”. Com a participação de notáveis cientistas brasileiras, o debate faz parte do projeto “Pautas Femininas”, da Casa Legislativa, e das comemorações pelos 44 anos da Embrapa. No evento, será lançado o documentário Mulheres na Ciência, produzido pela Embrapa Agroenergia.

A representante da ONU Mulheres no Brasil, Nadine Gasman, participará da audiência e estará na mesa de abertura, ao lado da Senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e de um representante da Embrapa. O debate deve apontar necessidades de mudanças na legislação para estimular a presença feminina na pesquisa científica brasileira.

Entre os participantes convidados para a discussão estão Helena Nader, bióloga, presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência; Janice Zanella, médica veterinária, chefe-geral da Embrapa Suínos e Aves; Márcia Abrahão, geóloga, reitora da Universidade de Brasília (UnB); Marcia Barbosa, física, professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Marília Regini Nutti, engenheira de alimentos, pesquisadora da Embrapa Agroindústria de Alimentos; e Vanessa Carvalho de Andrade, física, professora da Faculdade de Direito da Universidade de Brasília (UnB).

Participação

As mulheres já são maioria nas universidades e recebem também o maior número de bolsas de iniciação científica: 59%, de acordo com dados do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Contudo, nas Bolsas de Produtividade de Pesquisa, para pesquisadores de destaque, a distribuição não é equilibrada. No nível mais alto da carreira, apenas 24,2% das bolsas foram destinadas a mulheres, em 2015.

Após a discussão na mesa, o debate será aberto para a plateia da audiência pública, que será transmitida ao vivo pelo site do Interlegis (http://bit.ly/_pautafeminina). Ao final do evento, haverá degustação de produtos da pesquisa da Embrapa.

Documentário

O documentário “Mulheres na Ciência” mostra o caminho percorrido por nove pesquisadoras da Embrapa Agroenergia (DF) até se tornarem cientistas e os desafios encontrados na profissão. A iniciativa fez parte das ações para promover o tema no centro de pesquisa, uma vez que a Embrapa participa do Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça do Governo Federal.

Atualmente, o quadro de empregados da Empresa conta com cerca de 30% de mulheres. Na Embrapa Agroenergia, uma das mais jovens unidades da instituição, a situação é mais favorável e elas ocupam, atualmente, 56,38% das vagas – à época da produção do vídeo, eram 54,26%. No documentário, as pesquisadoras falam sobre o papel da mulher na Ciência. “Eu acredito que um ambiente que tem diversidade, não só a questão homem / mulher, é mais rico, mais produtivo, mais criativo”, opinou a pesquisadora Patrícia Abrão de Oliveira, do Laboratório de Química de Biomassa e Biocombustíveis. A colega Léia Fávaro, do Laboratório de Genética e Biotecnologia, chamou a atenção para a necessidade de as mulheres ocuparem mais lugares na direção das pesquisas. “Eu acredito que as mulheres ainda têm que conquistar mais espaço na área de gestão em Ciência e Tecnologia, seja em instituições públicas, privadas, em agência de fomento, em órgãos federais que fazem a gestão da Ciência e Tecnologia no País”.

Após o lançamento, o documentário, que tem aproximadamente 13 minutos, ficará disponível no canal da Embrapa no Youtube. Ele foi produzido pela própria Embrapa Agroenergia, em parceria com o curso de Cinema e Mídias Digitais do Centro Universitário IESB. A trilha sonora é composta por canções do Duo Salimanga (https://www.salimanga.com), formado pelos premiados instrumentistas brasilienses BC Araújo e Paulo Rogério. As músicas foram cedidas gentilmente pelo Duo e pela YB Music (http://ybmusic.com.br/).

Serviço

Debate Pautas Femininas – Mulheres na Ciência
Local Interlegis – Auditório Antônio Carlos Magalhães (Anexo E do Senado Federal) – Brasília/DF
Quando 26/04, às 14h
Informações para o público (61) 3303-1710

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)