PMDB anuncia indicado à CCJ nesta quarta, diz Renan Calheiros

Anderson Vieira | 08/02/2017, 10h54 - ATUALIZADO EM 08/02/2017, 21h00

Ao chegar ao Senado nesta quarta-feira (8), o líder do PMDB, Renan Calheiros (AL), garantiu que o partido define hoje seu indicado à presidência da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Às 14h, a bancada se reúne para discutir o assunto. Logo depois, será apresentado o nome do senador. Edison Lobão (MA) e Raimundo Lira (PB) são os candidatos ao cargo.

— Não havendo entendimento, os senadores serão chamados a decidir pela manifestação de suas vontades. Às 15h vamos indicar à Mesa Diretora o nome do PMDB e de todos os demais membros. E faço um apelo para que outros líderes também façam o mesmo para que ainda hoje possamos eleger o presidente da CCJ — disse Renan.

Na opinião do líder, o consenso é a melhor solução para a bancada. Mas, se não houver entendimento, a solução será submeter os nomes a votação. Ele também disse estar fora de cogitação a indicação de dois nomes.

— Não tenho preferência. O nome que ganhar será o da bancada — afirmou.

Na terça-feira (7) a bancada do partido definiu o nome da senadora Marta Suplicy (SP) para presidir a Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Cabe ainda ao PMDB no Senado a indicação do Presidente da Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) e uma outra comissão permanente, ainda a ser definida.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)