Veja como será a abertura do ano legislativo no Congresso nesta quinta

Da Redação | 01/02/2017, 12h51 - ATUALIZADO EM 02/02/2017, 14h52

A  abertura do ano legislativo no Congresso Nacional, marcada para esta quinta-feira (2) às 14h30, começará com a chegada dos militares que participarão da cerimônia, e seguirá com a recepção das autoridades até as 16h, quando o novo presidente do Congresso, Eunício Oliveira, eleito no dia 1º de fevereiro, chegar ao Plenário da Câmara dos Deputados.

Às 14h30, os militares chegarão ao Palácio do Congresso. O efetivo militar estará disposto externamente com 48 Dragões da Independência na rampa; 40 militares da Marinha, 40 do Exército e 40 da Aeronáutica; 40 militares da Banda da Guarda Presidencial para executar o Hino Nacional; 18 militares da Guarda à Bandeira; e 30 militares da Bateria histórica Caiena para execução da salva de tiros de canhão no gramado.

Os militares também estarão presentes no interior do Congresso, com 40 homens da Força Aérea Brasileira no Salão Negro e no Salão Nobre do Senado; 40 homens da Marinha irão compor a ala do Salão Verde ao Plenário da Câmara dos Deputados e 32 da Banda do Corpo de Fuzileiros Navais executarão o Hino Nacional no interior do Plenário da Câmara.

Até as 15h25, o dispositivo militar deverá estar pronto. Nesse momento, o ministro-chefe da Casa Civil será recepcionado na chapelaria do Congresso e conduzido ao salão nobre do Senado.

Os secretários-gerais das Mesas e diretores-gerais da Câmara e do Senado seguirão, às 15h35, em direção à rampa do Congresso, onde aguardarão a chegada do presidente do Senado (que também é o presidente do Congresso Nacional) e do presidente da Câmara dos Deputados.

Às 15h40, o carro conduzindo os presidentes do Senado e da Câmara chegará até a calçada de acesso à rampa. Depois disso, o comandante da Guarda de Honra conduzirá o inicio da revista à tropa, feita pelo presidente do Senado. Ao passar em frente à Bandeira Nacional, o parlamentar fará uma reverência.

Durante a revista à tropa, haverá a Salva de Gala de 21 tiros de canhão, a execução do Hino Nacional e o hasteamento das bandeiras do Brasil e do Mercosul. Às 15h50, o presidente do Senado deverá virar-se para a tropa e o comandante da Guarda de Honra o cumprimentará, dando por encerrada a revista.

Nesse momento, o presidente da Câmara seguirá em direção à rampa do Congresso para encontrar-se com o presidente do Senado. Na rampa, os presidentes das duas Casas serão recepcionados pelos secretários-gerais e diretores-gerais da Câmara e do Senado.

A sessão solene terá início às 16h no Plenário da Câmara dos Deputados. Será então lida a mensagem do presidente da República ao Congresso. A sessão será encerrada com o discurso do presidente do Congresso.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)