Ana Amélia se solidariza com Cristovam contra manifestações desrespeitosas

Da Redação e Da Rádio Senado | 08/09/2016, 16h10 - ATUALIZADO EM 09/09/2016, 15h12

A senadora Ana Amélia (PP-RS) manifestou nesta quinta-feira (8) solidariedade ao senador Cristovam Buarque (PPS-DF), que foi vítima na semana passada, na Comissão de Educação, Esporte e Cultura (CE), do que ela chamou de manifestações desrespeitosas "de quem não aceita a prática democrática".

Cristovam, que votou pelo impeachment de Dilma Rousseff, foi chamado de "golpista" e impedido de continuar presidindo a reunião da Comissão de Educação por manifestantes que empunhavam cartazes e gritavam palavras de ordem. Ele também teria sido atacado posteriormente.

Nesta madrugada, acrescentou Ana Amélia, integrantes do Movimento dos Sem Terra (MST) invadiram uma propriedade rural em Formosa (GO) que fez parte do espólio de seu marido. O ato foi em retaliação à senadora por ter votado a favor do impeachment de Dilma.

— Pois esse dito movimento social, o MST, divulga ele próprio como uma represália direta contra mim, por ter votado a favor do impeachment, a invasão de uma área rural, no estado de Goiás, por 300 membros deste movimento — declarou Ana Amélia.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)