Foi lido em Plenário pedido de prorrogação da CPI do Futebol

Da Redação | 05/07/2016, 18h28 - ATUALIZADO EM 05/07/2016, 18h33

A CPI do Futebol terá seus trabalhos prorrogados por 180 dias. O requerimento, apresentado pelo presidente da comissão de inquérito, senador Romário (PSB-RJ) e apoiado por mais de 50 senadores, foi lido na sessão plenária desta terça-feira (5).

A comissão de inquérito, instalada em julho do ano passado para investigar a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o Comitê Organizador Local da Copa de 2014 (COL), tinha como prazo final - já prorrogado - o dia 12 de agosto.

No início de maio, o relator da CPI, Romero Jucá (PMDB-RR), chegou a apresentar suas conclusões à comissão. Romário, no entanto, considerou a atitude precipitada, já que ainda pretendia ouvir dirigentes, como o atual presidente da CBF, Marco Polo del Nero, e o ex-presidente Ricardo Teixeira. A convocação dos dois à CPI segue pendente da decisão de um recurso.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
CPI CPI do Futebol Futebol Senador Romário