Reforma ortográfica é tema de reportagem especial na Rádio Senado

Da Redação e Da Rádio Senado | 10/06/2016, 13h04 - ATUALIZADO EM 10/06/2016, 16h19

O Dia da Língua Portuguesa é comemorado nesta sexta-feira, 10 de junho, data da morte do poeta lusitano Luiz Vaz de Camões.  E, para marcar a data, a Rádio Senado apresenta a reportagem especial “Tirando de letra”, com as idas e vindas da reforma ortográfica, que começou a valer no início deste ano. Nos 30 minutos do programa, que vai ao ar nesta sexta-feira (10), às 18h, serão destacadas as principais modificações feitas na grafia da língua portuguesa ao longo de mais de um século.

A reportagem aborda o Acordo Ortográfico de 1990 e os passos que percorreu até o início de sua validade, em 2009. Toca também na dificuldade em se adotar a grafia em todos os países de língua portuguesa e, para isso, ouve linguistas, professores e outros especialistas no tema, além de senadores.

As principais críticas são de que muitas das novas regras acabaram complicando o uso da língua, em vez de simplificar. É o caso do fim do acento diferencial em palavras com a mesma grafia, como para, do verbo parar, e a preposição para. A reforma também acabou com o trema e com acentos em palavras como heroico, ideia, voo e enjoo. E provocou profundas mudanças no uso do hífen, alvo das maiores reclamações.

“Tirando de letra”, que tem produção e reportagem do jornalista Roberto Fragoso, mostra ainda as polêmicas sugestões de mudanças, como a simplificação da escrita com ideias como o fim do uso do ch e a adoção definitiva do x em palavras como chácara e chefe; além da eliminação do h mudo em palavras em torno da reforma de 1990 e das novas propostas.

COMO OUVIR

Dia e horário: sexta-feira (10), às 18h, às 12h; reprise no sábado (11) às 10h e no domingo (12) às 17h, horário de Brasília.
Para sintonizar: A Rádio Senado transmite sua programação para Brasília e regiões vizinhas na frequência de 91,7 MHz e para outras nove capitais: Cuiabá (102,5 MHz), Fortaleza (103,3 MHz), João Pessoa (106,5 MHz), Manaus (106,9 MHz), Natal (106,9 MHz), Rio Branco (100,9 MHz), Teresina (104,5 MHz), Macapá (93,9 MHz) e São Luís (96,9 MHz). Os programas da Rádio Senado são distribuídos para cerca de 4 mil emissoras no país por meio da RadioAgência.
Pela internet: O programa está disponível na página da Rádio Senado a partir de sexta-feira, dia 08/05 (acesse aqui)

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)