Senado realiza leilão de mais de 4,5 mil itens no dia 17; bens podem ser examinados a partir desta sexta

Da Redação | 09/06/2016, 18h16 - ATUALIZADO EM 09/06/2016, 19h14

O Senado vai leiloar mais de 4,5 mil itens entre veículos, mesas de escritório, computadores, notebooks e equipamentos gráficos. Os interessados em participar do evento, que acontece a partir das 10h do dia 17 de junho, podem preencher um cadastro, no dia do leilão, para credenciamento junto ao leiloeiro Gervásio Tobias da Silva Júnior, registrado na Junta Comercial do Distrito Federal.

Os bens, distribuídos em 189 lotes, podem ser examinados por pessoas físicas e jurídicas, exceto servidores do Senado, nos dias 10, 13, 14, 15 e 16, das 9h às 11h30 e das 14h às 18h, nos galpões da Gráfica e do Serviço de Transporte do Senado. A Casa realiza, em média, um leilão anual, mas quando há muitos itens disponíveis o número pode chegar a 4, como ocorreu em 2012, segundo Cássio Murilo Rocha, servidor que preside a Comissão de Leilão.

Rocha explica que as comissões de leilão do Senado são instituídas por portarias da Diretoria-Geral da Casa e têm vigência por prazo determinado. Presidente da comissão que está em funcionamento desde 2011, ele afirma que o leilão de 17 de junho será o oitavo realizado desde 2012. Os sete anteriores já arrecadaram cerca de R$ 4,1 milhões.

Serviço

O leilão do Senado acontece, conforme contrato, no depósito da BSB Leilões, localizado na Área de Desenvolvimento Econômico (ADE), Chácara 2, Conjunto 2, Lote 5, no Núcleo Bandeirante (DF). Os bens serão arrematados em lances verbais a partir do preço mínimo estabelecido para cada lote. A diferença de valor nos lances não poderá ser inferior a R$ 20 para bens móveis e R$ 100 para veículos ou valor definido na sessão pelo leiloeiro, que receberá 5% de comissão.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 61 3303-2451.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)