Paulo Paim defende mais educação contra trabalho infantil

Da Redação e Da Rádio Senado | 09/09/2015, 17h04 - ATUALIZADO EM 09/09/2015, 22h02

O senador Paulo Paim (PT-RS) chamou a atenção nesta quarta-feira (9), em Plenário, para o trabalho infantil, lembrando que esse é um problema que ainda aflige a sociedade. Por isso, ressaltou, é importante que haja mais investimento em educação, acrescentando que criança na escola é a melhor forma de mantê-la longe do trabalho e da criminalidade.

Segundo Paim, a redução da maioridade penal não vai resolver o problema da violência envolvendo menores. A solução, defendeu, está em mais escolas e em educação de qualidade.

— Precisamos manter nossos jovens afastados do crime é com escola de tempo integral, é com formação, é com ensino técnico. Precisamos garantir uma vida digna para nossas crianças, retiradas das escolas e colocadas à força no trabalho. O jeito de conseguirmos isso é por meio da inserção social, com educação, redução das desigualdades, políticas públicas de proteção e de formação da cidadania — afirmou.

Transgênicos

Paulo Paim também leu comunicado que recebeu do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, recomendando ao Senado que rejeite o projeto de lei da Câmara ( PLC 34/2015) que acaba com a obrigatoriedade da rotulagem com o símbolo da transgenia em produtos transgênicos.

Segundo o senador, é um absurdo que o público não seja informado mais se um alimento é transgênico ou não.

— Não vejo sentido nenhum uma vez que [a mudança] fere diretamente o direito do consumidor — disse.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)